Comida

By | September 4, 2007

Um assunto ao qual sou muito sensível é comida.

Apesar da minha avó ter me dito inúmeras vezes que eu como para viver e não vivo para comer, foi um enorme gasto de saliva.

Ainda não fui em um restaurante decente por aqui. Todas as minhas refeições “fora” até o momento foram em fast-foods, com uma excessão apenas – onde comi uma lagosta sensacional.

Então até o momento só posso falar sobre comida feita em casa mesmo. E consequentemente de comida comprada em super-mercado.

Vamos começar pelos contras.

Qualquer tipo de verdura, legume ou fruta é absurdamente caro. Acho que o único vegetal barato que achamos até o momento foi brócolis. O resto é uma bica.

Todos os alimentos frescos tem na sua gôndola a procedência. Fica claro então o preço das coisas: Tomate vem do méxico, laranja dos EUA, limão da África, mexerica do Brasil e assim por diante. Algumas coisas como cebola, batata e frutas da família *berry (como morango) são de produção canadense e tem a inscrição “Product of Canada”.

Então para um produto fresco vir do Brasil ou qualquer outro dos referidos países, fica claro que eles vieram de avião. O que faz o preço ir pra casa do chapéu.

Carne e frango são outros produtos caríssimos. O quilo do frango aqui é praticamente o quilo do bacalhau no Brasil.

Eu comprei um pacote de linguiça aqui (não, não vende a granel) com 500g. Saiu mais de CAD$ 8,00. Um chute no estômago (ou outra região).

Os pontos a favor:

Comida industrializada é muito barata. Aquelas tortinhas de microondas, pizza congelada, batata frita McCainn. Tudo em pacotes gigantescos, por um preço ridículo.

A qualidade dos industrializados também é sensacional. Fora as marcas badalas (só como Ketchup Heinz agora) também tem as que não conhecemos no Brasil e igualmente boas.

Apenas como exemplo, um pote de sorvete de 2 litros custou CAD$ 2,98 e 3 latinhas de Pringles por CAD$ 5,00.

Eu sempre gostei de fazer meus próprios temperos, mas por falta de ingredientes frescos vou ter que começar a utilizar coisas prontas. Mas não faltam opções. Molhos para carnes, peixes, saladas. Molho de tomate eu demorei quase 10 minutos para escolher, tamanha variedade de tipos, modos de preparo, temperos e modos de uso.

Fora os industrializados, o que é muito barato aqui são os frutos do mar. Camarão por cerca de CAD$ 15,00 o quilo. Lagosta muito barata (não sei dizer o preço), diversos tipos de salmão, N tipos de peixe. Tudo muito barato.

Vou precisar de uma adaptação para aprender a cozinhar frutos do mar, mas já está definido que minha dieta vai mudar. E para melhor, pois peixe é mais saudável que carne vermelha.

Para quem está curioso o que andamos comendo aqui (comida feita em casa):

Na nossa primeira noite na casa fiz Risoto de camarão, no outro dia no jantar carne moída refogada com batatas e queijo cheddar e arroz. Hoje no almoço massa verde fresca com molho de tomate e brócolis com peito de frango grelhado. Queijo parmesão para acompanhar.

No tag for this post.

One thought on “Comida

Comments are closed.