Halifax é fashion

By | March 22, 2014

Ou pelo menos é o que dá a impressão, visto a enxurrada de emails que recebi recentemente pedindo informações sobre a cidade. Posso apenas imaginar que raios aconteceu pra atrair atenção…

Então para facilitar a vida de quem anda pesquisando sobre a cidade e também pra eu não precisar escrever as mesmas coisas de novo e de novo, vai aqui meu ponto de vista sobre a cidade.

stock-photo-10079953-halifax-waterfront-nova-scotia-tall-ship-festival-200911

 

Halifax Waterfront

Moro em Halifax vão fazer 7 anos. Viemos direto do Brasil para cá e não tenho experiência em nenhuma outra cidade canadense, então não posso “comparar”.

Halifax é a capital da Nova Escócia, uma das províncias da região chamada “Maritimes”. Nosso timezone é Atlantic Standard Time, que é igual ao do Brasil uns 8~9 meses do ano.

É uma cidade pequena e tem menos de 500 mil habitantes. Na verdade esse é o número de habitantes na HRM (Halifax Regional Municipality) que é formada por Halifax, Dartmouth e Bedford.

Halifax é uma cidade universitária e militar, sendo a base naval do leste. O porto aqui também não congela durante o inverno então é o principal meio de entrada de produtos da costa leste. Felizmente o porto é integrado com sistema ferroviário, então não temos tráfego de caminhões igual no Brasil.

Ship's Departure from CFB Halifax

Navio de guerra passando pela Mackey Bridge

Falando em trânsito: No geral é bom. Exceto quando tem nevasca feia ou tempestade de verão o trânsito não é ruim – comparado com o Brasil, lógico. Eu moro na região rural de Halifax e trabalhava em Dartmouth. Isso significava cruzar Halifax, atravessar a ponte e ir mais uns KM pra dentro de Dartmouth todo dia. No geral 30~35 minutos. O que é considerado longe pros padrões locais.
Fica o aviso porém: O limite de velocidade da região urbana é 50Km/h. Quando a gente chega aqui, acelerado no ritmo Brasil, dá impressão que ir a pé seria mais rápido. Acredite: 50Km/h é mais do que o suficiente.

 

Dirigindo numa nevasca

Mas se você não for como eu, que prefere o espaço e privacidade da região rural, morar numa região mais perto do trabalho não é impossível. Um dos colegas num antigo emprego morava num prédio anexo ao qual trabalhávamos. Ele literalmente não precisava sair na rua pra ir pro escritório. Num outro emprego outro colega morava a 10 minutos a pé do serviço.

Depender do transporte público também não é ruim. Por um tempo tivemos apenas um carro aqui em casa, então a esposa me deixava no ponto de ônibus mais próximo (uns 6KM de casa) e de lá eu fazia as baldeações necessárias. Fica fácil já que os ônibus são bem pontuais. Aliás, recentemente integraram o sistema de transporte de Halifax com o Google Transit \o/

Em termos de infra-estrutura não tenho o que reclamar. Temos shopping centres, shopping malls, lojas de departamento, restaurantes e até alguns mercados 24hrs (poucos é verdade). Ah, e tem uma academia 24hrs agora. Vai que você acorda 3 da manhã morrendo de vontade de correr na esteira. (-_-)

E já que o assunto é esportes, Halifax é uma cidade esportista também. Não tendo neve no chão (ou às vezes até tendo neve no chão) você vai ver gente correndo ou pedalando logo cedo. No verão é dia claro às 5 da matina e a quantidade de gente correndo – sozinhos ou em grupo – é impressionante e contagiante.
O circuito de corridas e competições na região é imenso e vai desde o final do inverno (meia maratona hipotérmica) até o meio do outono (Harvest Marathon). Só na HRM temos, que eu consigo lembrar de cabeça, pelo menos 8 grandes eventos – Incluindo um Triatlo distância Iron Man.

Full marathoners start the 10th annual Bluenose Marathon on Sackville Street.

Largada da Blue Nose Marathon, a mais tradicional da cidade

Se esportes de alta intensidade não são sua praia ainda tem os parques municipais, provinciais e federais. Se você gosta de fazer hiking e eco-turismo não faltam opções. Além de serem lugares bonitos, cheios de lagos, natureza intocada, infra-estrutura, paz e tranquilidade a maioria dos parques ainda é dog-friendly. Ou seja, não só cães são permitidos, como na maioria deles nem precisam ficar na guia/coleira. E o que não falta é gente com cachorro aqui. 🙂

039

 

Cachorrada no Point Pleasant Park

Aliás, as pessoas aqui valem um parágrafo. Extremamente educadas, amáveis e respeitosas. Não conheço muito o resto do Canadá, mas até os canadenses de outras regiões acham que os Maritimers são educados. As pessoas abrem/seguram a porta para você. A moça no caixa do mercado vai sorrir e perguntar “how are you today?” quando for passar as suas compras, as pessoas vão te dar passagem na rua ou numa loja e “I’m sorry” é algo que você vai cansar de ouvir.

A demografia aqui é diferente do resto do Canadá. A maioria esmagadora da população é composta de canadenses ou imigrantes do reino unido. Só na 5.a colocação em etnia vem algo diferente e mesmo assim são Franceses. Sul-americanos nem consta na distribuição da população e tenho certeza que o número de Brasileiros pode ser contado nas mãos.

Porém digo isso sem muita certeza já que não tenho o menor interesse de me envolver com Brasileiros. Aliás, se resolver vir para cá nem vem falar comigo. 😛

Eu gosto daqui, mas nem tudo são mil maravilhas…

A Nova Escócia tem uma das maiores cargas tributárias do Canadá. Não só o imposto retido na fonte é bem mais alto que a maioria, mas o imposto de vendas é o mais alto (quando você ver o preço de um produto adicione 15% em cima de HST – Harmonized Sales Tax – . É isso que vai pagar no caixa).

Aqui também temos o combustível mais caro do país (talvez empatado com New Brunswick). No momento $ 1,35/litro da gasolina comum.

E como se isso não bastasse aqui também temos uma das menores médias salariais do Canadá, à frente apenas de New Brunswick.

Isso faz com que os jovens daqui se mudem para outras regiões quando se formam e a região não anda crescendo no mesmo ritmo que o resto do país.

Se você quiser mais informações o Google pode te ajudar, mas ficam aqui alguns links:

Talvez eu possa fazer update nesse post adicionando mais informação que alguém peça nos comentários. Mas já aviso que tenho baixa tolerância com nego preguiçoso. Faça sua lição de casa antes de perguntar.

Halifax_at_nightVista do porto de Halifax à noite

 

No tag for this post.

4 thoughts on “Halifax é fashion

  1. Ezequiel

    Eri, me interessei sobre o programa de imigração da Nova Scotia e tenho pesquisado sobre a província. E encontrei teu site em uma entrevista que deste pro site imigrar.com.br.

    Gostaria de entrar em contato contigo pra saber mais sobre o mercado de trabalho de IT.

    Obrigado,
    Ezequiel

  2. Mari

    Que coincidência, eu estava falando com a professora de inglês aqui da escola e ela já foi pro Canadá 5 vezes quando namorava um cara daí. Daí eu tava falando de vcs pra ela e fui mostrar o blog e era justo sobre Halifax, aí ela ficou fascinada porque ela casou em Halifax!! Era a cidade do marido dela…nossa!

  3. Moguel

    Bem bacana seu texto. Voce saberia informat sobre outras cidades, como Yarmouth ou Digby?
    Pelo valor dos imoveis eu imaginei mesmo que o salarion NS fosse menor que nas outras provincias… Mas desde que comecei a pensar no Canada (final do ano passado), NS é minha primeira opcao… Sou da area da administracao porem pretendo estudar carpentry em algum momento. Se conseguir entrar por algum programa faco quando estiver estabilizado, se nao vou correr atras de $ pra pagar a bagaça
    Abs

Comments are closed.