Sobre o frio

By | October 31, 2007

O frio tá começando a dar as caras aqui. Bom… Pelo menos pra gente que veio de um país tropical a temperatura atual já pode ser classificada como “frio”.

Os dias estão ficando por volta de 5.o C, as noites por volta de 0.o C e a madrugada e a parte da manhã cerca de -5.o C . Nesse momento em que escrevo está 1.o C.

Dentro de casa não dá pra sentir o frio. As casas tem um isolamento térmico muito bom. A parte de fora das paredes é de madeira, tem uma camada central feita com uma espécie de espuma isolante e a parte interna é de dry-wall ou madeira (é o caso da nossa).

As janelas tem duas camadas de vidro, para minimizar a troca de calor entre a parte externa e a parte interna da casa e são vedadas com borracha. Você fecha a janela com uma manivela e quando está bem fechada e isolada você ainda sobe uma alavanca que fica ao lado. Faz um barulho parecido com porta de geladeira fechando.

As portas pra rua tem duas camadas também. A externa é tipo uma porta-mosquiteiro, mas tem vidros e borracha para vedação térmica e a porta mais interna também tem vedação de borracha. No caso da nossa uma parte da porta é de vidro, também de dupla camada.

Só isso já é o suficiente para passar menos frio dentro de casa no Canadá do que em São Bernardo do Campo.

Mas as casas também tem aquecimento. Existem vários tipos, mas de longe, o mais comum aqui é aquecimento por queima de combustível. Tem um óleo que especial para aquecimento, diesel e querosene (que é o nosso). As casas tem tanques de combustível do lado de fora ou no porão (o nosso é no porão) e do lado de dentro um aquecedor elétrico ou um forno que queima este combustível produzindo calor. Como é de conhecimento de qualquer um que terminou a terceira série, o ar quente sobe quando liberado no ambiente, por isso o aquecedor costuma ficar no porão. As casas tem diversas aberturas cobertas por grelhas que parecem ralos ligando o porão com a parte de cima da casa, permitindo que o ar quente suba e entre nos cômodos.

Do lado de fora da casa o que realmente faz a  diferença do frio ser suportável ou não é o vento. Pela minha experiência até o momento, 5.o C com vento forte é MUITO pior do que -4.o C sem vento. Quem terminou a 8.a série sabe que existe uma coisa chamada equilíbrio térmico, que faz com que os corpos troquem calor entre si e com o ambiente até que eles fiquem na mesma temperatura. Por isso quando bate aquele vento gelado em você o seu corpo começa a trocar calor com o ambiente mais rápido do que consegue se aquecer novamente e ai parece que as orelhas, o nariz e as mãos vão cair de tão gelados.

A melhor estratégia é se isolar o máximo possível do frio, fechando bem o casaco, colocando luvas, touca e protegendo o nariz com o casaco ou um cachecol. É incrível como só saindo do vento o corpo esquenta. Basta ficar na frente de algumas árvores ou atrás de um muro e o corpo começa a esquentar na hora.

Uma coisa que engana um bocado é o sol. Apesar do frio, o sol está alto e forte lá fora. Não se deixe enganar, porque a temperatura está baixa mesmo assim. Porém se você está do lado de dentro de casa e o sol está entrando pela janela, ele vai estar quente e agradável. Os cachorros adoram quando sai o sol e ficam estatelados embaixo dele.

Até agora estamos evitando usar o aquecimento e roupas mais pesadas, pois queremos que o corpo acostume com o frio atual, já que a tendência é piorar, então as mesmas roupas que trouxemos do Brasil estão dando conta até agora. Já vimos as roupas “de frio” que tem por aqui e elas realmente pegam pesado. Mais pra frente vamos ter que comprar alguma…

Pra resumir, até o momento eu continuo preferindo meu 1.o C de Halifax do que os 36.o C que fez em São Paulo.

No tag for this post.