Arrependimento

By | June 8, 2015

Não preciso explicar o que é arrependimento. Todo mundo já sentiu uma ou mais das variedades do mesmo. Muda o grau, intensidade, duração, expectativa e mais isso ou aquilo, mas no final é arrependimento.

Esse final de semana enquanto eu aguardava na linha de partida do meu primeiro Spartan eu sentia o primeiro tipo de arrependimento do Sábado. Foi aquele tipo de arrependimento onde você sabe que está numa situação para o qual não está preparado, mas que poderia estar se tivesse tomado melhores decisões na vida. Tipo quando você chega para uma prova no colégio ou faculdade, totalmente despreparado, sabendo que vai se dar mal e pensando: Talvez se eu não tivesse assistido tanta TV essa semana…

CG0MendVIAAT_iI

Deixa eu definir uma coisa aqui: “Estar em forma”. Pra mim isso significa capacidade de mover meu próprio corpo numa ampla variedade de movimentos, intensidades e durações. E se eu usar isso como parâmetro posso dizer que no começo desse ano, lá em Janeiro, eu estava na melhor forma da minha vida. Se você acompanha o blog a mais tempo deve ter visto a série de posts sobre o Dopey Challenge que corri no começo do ano.

Não só eu era capaz de correr longas distâncias, mas também estava bem treinado em flexões de braço, flexões na barra e vários outros exercícios. Sem contar um bando de outras coisas feitas com a barra olímpica, kettlebells e etc.

Mas para chegar lá foram meses e meses de treino e dieta rigorosos e assim que voltamos da Flórida decidimos que precisávamos de uma férias de tanta disciplina. A primeira ordem do dia foi uma semana de loucura fora da dieta.

Eu sigo uma dieta alta em gordura, média em proteínas e baixa em carboidratos. Quase não consumimos álcool e normalmente tomamos uma garrafa de vinho a cada duas semanas entre a esposa e eu. Pois durante uma semana decidimos passar a base de pão, sorvete, pizza, massa, risotto, cheesecake e uma garrafa de vinho por noite (ou quase). Não estou exagerando quando digo que ganhei quase 10Kg nessa uma semana.

Acho que agora já começaram a entender o meu arrependimento na linha de largada.

Obviamente nem considerei ir na academia, ou sequer subir escada ao invés de pegar elevador durante essa semana. E depois disso tudo posso dizer que ao final da loucura além de gordo (tipo roupa que comprei na viagem já não me servindo) eu estava me sentindo doente, enjoado, com azia, letárgico… Provavelmente destruí 6 meses de treino em uma semana.

Mas como se isso não fosse o suficiente quando finalmente essa semana insana passou eu tomei outra decisão não muito esperta:

Durante o treino para o Dopey eu tive que intensificar muito os treinos de cardio e um dos efeitos negativos é que perdi muita força no levantamento de peso e resolvi que deveria ir direto num treino intenso de musculação. Então larguei o CrossFit e decidi remover qualquer tipo de corrida ou outro tipo de cardio do meu treino e passei a fazer apenas musculação 3x por semana.

Quando em Abril eu decidi que era melhor voltar pro CrossFit e treinar para o Spartan o prejuízo começou a ficar claro. Eu tinha ganho ainda mais peso (de volta para perto dos 100Kg) e apesar de agora conseguir colocar mais peso na barra, mover meu próprio corpo não era mais uma tarefa simples. Enquanto em Janeiro eu conseguia fazer 5 flexões na barra sem problemas, em Abril eu não conseguia fazer nem sequer uma.

Foi nesse momento que o arrependimento começou a aparecer. Eu sabia que ia ser muito complicado voltar pra forma em só 2 meses. Mas eu ia tentar.

O problema é que as coisas não vão sempre como a gente planeja e depois de uns 5 anos sem nem sequer um resfriado eu peguei uma gripe daquelas debilitantes. Foram 2 semanas completamente perdidas de treino. Outras coisas aconteceram e perdi um dia aqui, outro ali, 3 em sequência num outro momento e quando percebi já era final de maio e eu tinha certeza absoluta que não tinha condições de participar do Spartan.

No entanto lá estava eu, olhando para a montanha na minha frente, arrependido de ter me colocado naquela situação. Sabendo que eu podia ter evitado o desastre se simplesmente tivesse feito um final de semana de loucura na minha dieta ao invés de uma semana inteira. Ou se eu tivesse tirado 2 semanas de folga, mas voltado para o CrossFit ao invés de ter ido pra musculação. Ou se eu tivesse continuado correndo, nem que fosse só uns 10Km por semana… Tantas opções teriam sido melhores do que o que eu escolhi.

Mas que seja, eu estava lá. E ai senti o outro tipo de arrependimento: Eu estava a ponto de me colocar uma situação totalmente desagradável voluntariamente. Estava chovendo, frio, eu estava totalmente despreparado e tive acordar 5 da manhã e dirigir 1 hora e meia para chegar lá.

Felizmente esse tipo de arrependimento eu já estou acostumado e enfrento todo dia quando o despertador toca. E esse é o tipo de arrependimento que dá pra arrumar com disciplina e resiliência mental. Dei aquela chacoalhada na cabeça, orei baixinho por um minuto e encarei a realidade: Eu estava para enfrentar um monstro e era muito tarde pra desistir.

E foi horrível. Bem pior do que eu previa. Foi exaustivo, precisei parar e sentar no chão para descansar várias vezes, tive cãibras horríveis como nunca tive antes, quase vomitei em alguns momentos (arrependimento, arrependimento), mas 02hrs:31m depois de largar consegui cruzar a linha de chegada.

CG1lJvTUQAAeDF_

O bom do arrependimento é que ele faz você pensar. E mal terminamos de cruzar a linha de chegada, ainda sem fôlego, e o pensamento já era: Ano que vem estou aqui de novo. Mas dessa vez vou fazer isso direito.

Faço aqui um compromisso público que de para o meu próximo Spartan eu vou estar preparado. Eu vou treinar 6 meses ou mais para isso, e vou cortar pelo menos 31 do meu tempo total. O plano é que meu único arrependimento seja não ter feito direito a primeira vez.

Spartan-Race-logo

 

Só uma nota final: Foi horrível, mas foi de longe a corrida mais gostei na vida. Esquece maratonas, duatlos ou triatlos. Talvez eu ainda faça um aqui ou ali, mas a partir de agora,  I AM SPARTAN!

No tag for this post.

3 thoughts on “Arrependimento

  1. veramrb@gmail.com

    Filho, parabéns por sua coragem, por outro
    lado você fez uma loucura saindo da sua Diet
    E uma pergunta, você não faz exercício aeróbico?, isso ajuda a queimar
    calorias
    Mas eu tenho certeza que para o ano que vem você estará em forma
    bjs
    Mãe

  2. Simone

    Eri, ja ouviu falar que quase ninguem aprender no amor e a maioria so aprender na dor? Errar eh humano e a vida um eterno jogo de erros e acertos… Legal voce dividir conosco essa experiencia e tb mostrar COMO poderia ter sido diferente.
    Abs. Fabio e Simone

  3. Chico

    Eri,

    Parabéns pela determinação em terminar a prova, apesar das dificuldades.
    Quando é a data do ano que vem? Pq eu vou lembrar e cobrar kkkkk

    abs

    Chico

Comments are closed.