Oracle Beehive

By | April 29, 2009

Continuando a análise de collaboration suites que comecei quando falei do Zimbra, vamos falar agora do Oracle Beehive.

Participei de uma conference call com dois especialistas da Oracle demonstando o produto. Começaram bem, agendando e apresentando o produto com o próprio Beehive.

Apesar de ser um produto novo tem muito potencial. Além da parte arroz-com-feijão (email + calendário + contatos) eles investiram pesado em áreas de trabalho e controle de documentação.

O produto conta com uma Wiki com editor WYSIWYG e versionamento de documentos (inclusive com check in/check out/lock), o que é praticamente uma versão light do Documentum.

Uma atitude muito inteligente deles foi utilizar padrões abertos em todas as aplicações deles, como CalDav para calendário e XMPP para IM.

Falando em XMPP, eles fizeram uma coisa muito bacana: O status do usuário e configurado automaticamente de acordo com o calendário. Então se você tem uma reunião das 16:00 às 16:30, seu status no IM muda automaticamente para “In a meeting”. Mas não só isso. Se alguém na sua lista de contatos tiver direitos de ver seu calendário, além de aparecer “In a meeting” ainda aparece o nome da reunião e local.

As áreas de trabalho são bem bacanas. Elas basicamente criam um mailbox/calendário/wiki/versionamento de documentos para times, facilitando gerenciamento de projetos enormemente. Ah, como teria sido bom usar uma coisa dessas no passado…

A interface administrativa é meio tosca, baseada num desses outros produtos da Oracle, mas felizmente tem linha de comando, o que automaticamente significa que o bagulho é automatizável, o que eu gosto um bocado.

E não posso deixar de falar do backend, né? A suite inteira roda num banco de dados Oracle, que dispensa apresentações.

É uma ferramenta sensacional, mas infelizmente tem o mesmo problema que todos os outros produtos da Oracle: É indecentemente cara. Mas mesmo assim tá na nossa short list de opções.

Related posts