Pouca paciência

By | December 18, 2014

Não é de agora. Já fazem anos que não tenho paciência pra “Internet”. E quando digo Internet eu quero dizer pessoas.

Foi lá pelos idos de 1994 que comecei a frequentar BBS e logo depois Internet. Canais de IRC, fóruns de discussão, mailing lists e newsgroups eram praticamente as únicas fontes de informação e interação na época.

Tudo era razoavelmente civilizado e trolls eram fáceis de ser identificados. Cada vez que no meio de uma discussão (mesmo da mais acalorada) alguém largava alguma coisa tão estupidamente idiota que não poderia de forma alguma ser um pensamento sério todo mundo já sabia: Alguém está de zoeira querendo fazer bagunça no galinheiro.

E eu sempre mantive esse mesmo ponto de vista: Se num fórum de carros todo mundo está discutindo se é  um carro com tração traseira ou dianteira que tem mais economia de combustível e ai alguém entra na discussão chamando os participantes de porcos capitalistas e que o mundo inteiro deveria andar de bicicleta não pode ser sério. Só pode ser troll.

Mas aparentemente eu estava errado e o Orkut veio me mostrar isso.

Acho que até antes do Orkut se engajar em grupos de discussão era razoavelmente complicado para uma pessoa não técnica. Você tinha que saber usar um search engine ou receber o link de alguém, se cadastrar, aprender a utilizar os fóruns… Você simplesmente não ia perder seu tempo procurando coisas que não te interessam.

Mas com o Orkut você já está lá registrado e participando do grupo de discussão de Playstation. Mas apenas a um clique de distância tem aquele grupo de culinária, do qual você não saber NADA, mas papai e mamãe te criaram achando que você é a pessoa mais importante do mundo e não só as pessoas devem saber sua opinião, mas devem RESPEITAR a sua opinião. Não importa o quão imbecil, ignorante, mal embasada ou irrelevante seja. Aí você resolve postar numa discussão de como preparar escargot. E solta a pérola: “Que coisa mais nojenta comer isso. Vocês são pessoas horríveis!”

A pessoa acima não está sendo Troll. Não está só querendo causar tumulto sem motivo. A pessoa acima realmente se acha digna de participar da discussão e que tem uma opinião relevante que deve ser ouvida, assimilada e aceita por todos os participantes!

Vou dizer que eu já andava decepcionado com a Internet, mas o Orkut me quebrou. Eu costumava ser frequentador assíduo de fóruns e grupos de discussão, mas simplesmente não tenho paciência para gente ignorante, mimada e revoltada. E é por isso que não estou no facebook ou outros sites sociais (exceto o Twitter).

Esse mundo virou uma coisa ridiculamente chata e irritante. Esse movimento de “politicamente correto” na verdade acabou com a liberdade das pessoas. Descobri que o que não falta é gente sensível por ai e que é praticamente impossível viver sem ferir os sentimentos de alguém, principalmente dessa nova geração. As redes sociais são especialmente boas para amplificar o barulho que essa gente faz.

Então não tenho mais paciência para discussões e fóruns na internet. Hoje em dia sou um consumidor passivo. Leio meus feeds e até as discussões em alguns lugares como /. ou reddit, mas raramente me engajo.

Eu gosto do Twitter porquê é muito mais limitado nesse aspecto. E, lógico, meu blog é MEU blog. Posso moderar comentários como bem entender.

E se você está curioso, o que gerou esse post foi eu ter descoberto esse sub-reddit: TumblrInAction

No tag for this post.

2 thoughts on “Pouca paciência

  1. Jean Paulo

    Ops!

    Bateu uma nostalgia quando vc relembrou as BBS!

    Sou do tempo das BBS e também do primeiro Bate Papo que surgiu na internet que erá o Videopapo da Telebahia e erá for DOS! Depois veio os canais IRC (MIRC) etc..

    Abraços
    Jean

Comments are closed.