Prática Deliberada

By | May 10, 2020

A prática faz a perfeição“, diz o ditado. Mas será que isso é verdade mesmo? Quanta gente dirige diariamente a 20, 30 anos e são péssimos motoristas? Quantos colegas você tem ou já teve com “15 anos de experiência” que são tecnicamente fracos?

Veja bem, não estou dizendo que praticar não é importante. Estou dizendo que praticar sem uma intenção ou foco específico provavelmente não vai trazer nenhuma melhora depois do aprendizado inicial.

Na década de 60 dois psicólogos – Paul Fitts e Michael Posner – chegaram à conclusão que quando você está aprendendo alguma coisa existem três estágios:

Estágio cognitivo: Quando você está assimilando o conhecimento e aprendendo o básico para cumprir a tarefa.

Estágio associativo: Você deixa de cometer tantos erros, precisa de menos esforço mental e fica mais eficiente executando a tarefa.

Estágio autônomo: As suas habilidades já se tornaram naturais e você já é bom o suficiente para conseguir executar as tarefas necessárias sem muito esforço. Basicamente no piloto-automático.

E é aí que nós costumamos parar e atingir um plateau, enquanto os experts continuam indo em frente.

Prática deliberada significa pegar uma característica específica de uma atividade e pratica-la num nível mais alto do que você estaria confortável normalmente. Isso deve ser feito com foco e com alguma forma de feedback que possa mostrar progresso.

Anders Ericsson dá o exemplo de que músicos amadores costumam praticar tocando diversas músicas por horas. Enquanto isso músicos profissionais praticam a mesma música – especialmente as partes mais complicadas – por horas a fio.

“Eu não tenho medo de um homem que tenha praticado 10 mil golpes uma vez, mas eu tenho medo de um homem que tenha praticado um golpe 10 mil vezes”Bruce Lee

Não lembro em qual dos livros do Tim Ferriss ele fala algo mais ou menos assim: “Estar entre os top 5% dos profissionais de uma área é extremamente difícil. Mas estar entre os top 20% é razoavelmente fácil. E você vai ser superior a 80% dos seus concorrentes”.

Então juntando essa ideia com prática deliberada, pergunte para você mesmo: Quais 2 ou 3 aspectos da minha carreira eu posso pegar e praticar deliberadamente com afinco e cuja melhora vai me fazer se superior a 80% das pessoas?

Não acho que ninguém lendo esse blog tem a intenção de ser campeão olímpico ou ganhar o Prêmio Nobel, mas provavelmente gostaria de ser melhor do que a média. Tente praticar deliberadamente. Esteja pronto para frustrações, desconforto e a sensação de ser um fracasso. Prática deliberada é difícil e cansativa, mas vale a pena.

No tag for this post.

One thought on “Prática Deliberada

Comments are closed.