Canicross

By | August 1, 2020

Ainda lá em Halifax eu e o Logan corremos juntos algumas vezes. Mas ele ainda era novo e correr não é recomendado antes de 1 ano e meio ou 2 em raças grandes, então não desenvolvemos o hábito.

Correndo em Halifax (Março 2019)

Aconteceu o resto 2019 e a gente não fez nada da vida e depois isolados com o resto do mundo toda a primeira metade de 2020.

Agora lá pelo meio de Junho a pandemia começou a ficar um pouco mais controlada por aqui e eu achei que era mais ou menos seguro começar a sair de casa para correr de novo.

Tudo isso pra dizer que estamos praticando Canicross. Quer dizer… Mais ou menos né?

Canicross é teoricamente pra ser praticado em trilhas, mato, lama, cascalho… terreno acidentado. A gente tem um trecho aqui perto de casa, mas é só 1/3 da distância que percorríamos. Isso porquê com o solstício de verão já tendo passado está começando a clarear bem mais tarde.

A gente sai pra correr 5:20 da manhã mas nessa época do ano só clareia perto das 6:00, então agora estamos correndo na vizinhança que tem iluminação na rua. Nosso canicross tá bem fajuto, mas beleza.

Mas qual a diferença de canicross e ir correr com o cachorro você está se perguntando.

O canicross foi criado como um esporte para cães de trenó fora da temporada de inverno. O objetivo é que o cachorro intencionalmente te puxe durante a corrida.

O que você precisa para praticar o esporte:

  • Peitoral de tração pro cachorro
  • Cinta para o condutor
  • Guia elástica com um clip em cada ponta

Peitoral

Não pratique canicross com o cão na coleira. Se você usa coleira incentive o cachorro a correr ao seu lado sem puxar!

O peitoral utilizado tem que ser confortável e resistente. Tem que dar liberdade de movimento e não incomodar. Também não pode ser fraco já que vai estar sob constante pressão.

O Logan tem dois modelos. Andamos usando esse aqui para correr:

Mas na verdade preciso deixar o outro mais à mão porque ele é bem melhor para canicross:

Na verdade esse segundo seria o certo da gente estar usando pensando bem. É que andei usando ele pro Logan puxar peso (o que talvez seja matéria para outro post)

Cinta

Tenha em mente que o cachorro vai estar te puxando durante a corrida. Só por esse motivo já é óbvio que você não deve estar segurando a guia na mão. Não só seu braço vai ficar destruído depois de alguns minutos, mas ainda na possibilidade muito real do seu cachorro dar um tranco inesperado você vai parar no chão facilmente.

Com a guia anexada numa cinta as suas mãos e braços ficam livres para se movimentar normalmente como você faria quando correndo.

Mas além disso o cão fica preso bem no seu centro de gravidade onde você consegue facilmente ajustar seu equilíbrio mesmo no caso de um tranco inesperado.

Normalmente a cinta já é vendida em combinação com a guia elástica como veremos abaixo.

Guia elástica

Voltando ao ponto de não cair de cara no chão, uma guia elástica é ideal. Ela amortece os inevitáveis trancos tanto para você como para o cachorro. Lembre-se que você vai estar correndo num terreno acidentado, então mudanças bruscas de nível, buracos, pedras, obstáculos no caminho vão fazer com que você e seu cão saiam de sincronia frequentemente e a flexibilidade da guia elástica vai fazer a experiência bem mais confortável para ambos.

Eu comprei esse modelo aqui que já vem com cinta e guia

Pet Dreamland Hands Free Leash - For One/Two Medium to Large Dogs ...

A guia tem dois clips. Um vai na cinta e outro no peitoral do cachorro. Além disso tem dois pegadores, que podem ser úteis se você precisa puxar o cachorro um pouco mais perto por alguma razão.

Além disso eu sempre coloco uma coleira também. Só pro caso de dar algum problema e o peitoral estourar ainda tenho um backup para conseguirmos voltar pra casa.

Se quiser praticar canicross com seu cachorro mantenha em mente algumas coisas:

  • Tanto você quanto seu cão devem ter condições físicas de correr. É provável que seja mais puxado no começo e precisem de um tempo pra entrar em forma, o que é normal. Mas se seu cão for mais idoso, de uma raça braquicefálica ou com problemas de quadris ou cotovelos, talvez não seja uma boa praticar o esporte.
  • Assim como nós, cães tem personalidades e talvez o seu simplesmente não goste de correr. Respeite isso.
  • Cuidado com a temperatura. Cães sofrem muito mais com o calor do que nós, então mantenha isso sempre em mente. Aprenda a distinguir sinais de seu cachorro está cansado e não se esqueça de levar água para ele também na sua corrida.

Acima de tudo a corrida deve ser uma experiência boa e prazerosa para você e o cão. Divirtam-se!

No tag for this post.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comments will be closed on August 31, 2020.