Subiu o sangue…

By | May 13, 2007

Quando meu feeder trouxe essa notícia do BR-Linux, achei logo interessante e fui ler também o post original.

É um excelente artigo que mostra a indignação do autor em relação a seus colegas e classe.
Eu mesmo já me senti assim diversas vezes e não entendo como alguém pode decidir seguir um carreira de Informática sem conhecer o básico.

Eu não disse que as pessoas tem que gostar de Linux ou saber utilizar. Pelo contrário. Devem é ter uma aguçada curiosidade, uma boa visão crítica e bastante mão na massa.

Apesar de ser Linuxer na veia, já brinquei – pelo menos para conhecer – com Windows 3.x, Windows 9x, Windows NT 3.5, Windows NT 4.0 (com direito a curso), Windows 2000 (fiz todos os cursos da formação MCSE), Solaris (com direito a curso), SCO Unix (antes do barraco), AIX, FreeBSD, OpenBSD, MacOS 9 e, lógico, Linux.

Com excessão do Linux, nenhum dos outros me trouxe nenhum retorno financeiro, mas com certeza me deram uma imensa bagagem cultural e técnica que me permitem atuar hoje numa das empresas TOP do mundo.

Minhas primeiras experiências com Linux foram frustrantes. Na primeira instalação perdi todos os meus dados (backup? wtf?).
A interface gráfica era configurada manualmente no maldito XF86Config (ou era xf86cfg?), meu mouse serial não entrava de jeito maneira, o Lilo ferrou minha MBR (foi ai que eu aprendi o que era uma MBR), demorei quase 2 meses para conseguir acessar a internet pelo Linux, já que cada vez que dava algum erro eu tinha que dar boot no Windows de novo e conectar via modem para buscar mais ajuda, etc, etc, etc.

Desculpe, mas essa geração de hoje está pegando um melzinho com açúcar quando se trata de Linux. Tá muito fácil isso hoje em dia. Eu mesmo já coloquei alguns posts aqui sobre como é ridiculamente fácil usar o Ubuntu e acho que ele trouxe uma nova perspectiva, mesmo para os os velhacos de antigamente.

Para quem é de outras áreas (não TI) e utiliza ou já testou (mesmo não gostanto) Linux, tiro meu chapéu. Você venceu a barrareira da mediocridade. Você é um pontinho fora da Curva.

No entanto, se você é da área de TI e nunca utilizou Linux ou já o utilizou e não é capaz de dar nenhum argumento técnico para não mais o fazer (vale dizer que “é difícil” – a vida é difícil, principalmente para os medíocres – e “não roda meu joguinho” – compra um video-game filho. Computador é pra trabalhar – não são argumentos dígnicos de alguém de TI) sinto muito, mas seu futuro pode estar comprometido por uma mente atrofiada e preguiçosa.

Tenho mais N coisas a dizer sobre isso, mas quem fala demais, dá bom dia a cavalo, como diz meu amigo Bob Brás.
Leiam os comentários no post do BR-Linux, que muitos refletem minha opinião e minhas indignações.

Powered by ScribeFire.

No tag for this post.