Trabalho, aposentadoria e dinheiro

By | March 6, 2021

Eu sempre gostei muito de trabalhar. Quando ainda era criança pedia pro meu pai me levar pro escritório para trabalhar. De vez em quando ele me levava e eu podia fazer coisas importantes como tirar xerox e organizar bloquinhos de papel.

Quando cheguei na adolescência e pude finalmente trabalhar (legalmente falando) meu pai me contratou como office-boy. O trabalho que eu fazia no escritório não era horrível, mas toda vez que eu tinha que ir pra rua eu queria morrer. Eu odeio falar com pessoas e interagir com gente estranha. Se as instruções são vagas então “quando chegar lá procura o fulano”, aí piorou. Hoje em dia sei lidar com isso um pouco melhor, mas naquela época era ansiedade pura.

Depois que comecei o colegial técnico e me envolver em TI eu ficava mais tempo no escritório. Eu ainda fazia muita coisa do tipo office-boy, mas sabendo Office e CorelDraw comecei a gastar mais tempo nisso. Com certeza meu pai sendo o dono da empresa e meu chefe ele deixava eu gastar mais tempo com minhas pesquisas e estudos em TI do que efetivamente trabalhando. Não vou negar o privilégio.

Depois disso resolvi abraçar TI e tentei ter a minha empresa. O que eu queria e o que aconteceu não vale a pena discutir aqui, mas basta dizer que não deu certo. E aí eu em um curso conheci um cara que trabalhava numa pequena empresa de tecnologia que tinha um misto de hospedagem de sites, desenvolvimento de software, venda/configuração de infraestrutura… Fazia de tudo um pouco. Ele me perguntou se tinha interesse em trabalhar pra eles e foi o que eu fiz.

Pra encurtar bem a história, estou eu aqui 20 anos depois como líder técnico de DevOps numa grande empresa que pertence a um grupo ainda maior. E me deparei com a realidade de que estou bem no meio da minha carreira. Aqui no Canadá as pessoas se aposentam entre 60 e 65 anos e eu com meus 41 comecei a pensar que tenho mais uns 20~25 anos pela frente.

Meu maior problema foi a dissonância cognitiva. Se você já parou para analisar quando dinheiro você precisa ter economizado para se aposentar com um padrão de vida similar aos seus anos de ouro (mais ou menos onde estou agora) você deve ter percebido que é dinheiro pra caramba. Se eu olhar para o quanto eu economizei nos últimos 20 anos e fizer uma projeção para os próximos 20 anos fica fácil de ver que não vai dar. Vou precisar trabalhar uns bons anos a mais antes de me aposentar.

Por outro lado eu penso: Caramba. Será que quero continuar pegando no batente por mais 20 a 30 anos? Eu gostaria muito de me aposentar com 50 anos (só mais 9 anos de trabalho). Eu já disse que gosto de trabalhar e não acho que iria efetivamente não fazer nada da vida, mas talvez alguma coisa que não seja o meu ganha-pão. Só uma coisa que eu gosto de fazer. Talvez algo relacionado a animais, por exemplo.

A grande dificuldade é como resolver esse dilema. Por isso eu ando gastando um tempo significante tentando me educar em investimentos e em gerenciamento financeiro e de crédito.

Já estou velho o bastante que não posso arriscar perder todo o dinheiro que economizei até o momento, do contrário vou ter que trabalhar até morrer. Por outro lado não tenho economizado o suficiente para o total acumulado mais os juros me darem uma boa renda no futuro. Como faz?

Se deixarmos de lado investimento por um momento só existem duas formas de guardar mais dinheiro: Gaste menos ou ganhe mais. Não tem segredo aqui.

Apesar de ter muito mimimi na Internet eu tenho certeza que todo mundo conseguiria gastar menos. Pelo menos todo mundo lendo post é indiscutível. Tem gente que se fizer uma limpeza nos desperdícios, luxos e excessos vai conseguir economizar uma fortuna em pouquíssimo tempo. Tem gente que ganha uma fortuna, mas também gasta liberalmente e acaba no zero-a-zero. Um pouco de disciplina iria garantir um bom futuro.

Por outro lado muita gente – acho que me enquadro aqui – tem uma renda menor e já vivem disciplinadamente e atentos a um orçamento. E existe um limite do quão frugal estamos dispostos a ser ou quão minimalistas podemos ser. Eu facilmente poderia economizar mais 15 mangos por mês cancelando Netflix. Mas já não tenho TV a cabo. Mas tenho Prime TV. Podia ficar só com isso… não sei.

Quando você chega no limite do quanto consegue ou está disposto a economizar a outra opção é ganhar mais. E esses dias li um artigo interessante. Não necessariamente concordei com tudo, mas essa citação ficou na minha mente:

A principal fonte de receita deve vir do trabalho. Você produz recursos trabalhando e guarda/investe para preservar o patrimônio construído...

um aumento de salário de 200 reais, significa, em um ano, um rendimento próximo de deixar 20 mil reais no CDB por 5 anos

Quando cheguei nessa parte imediatamente me lembrei da minha própria experiência nesse ano que passou. Como disse nesse post aqui depois que consegui o meu emprego em DevOps eu investi em mim mesmo. Li diversos livros, assinei ferramentas e sites de cursos e gastei um bom número de horas ouvindo podcasts, assistindo vídeos de tutoriais e palestras e etc. Além de tempo, devo ter gasto nos livros e cursos por volta de uns $200.

Mas aqui vem o gancho pro artigo e citação acima: Eu fui promovido a líder técnico e recebi um aumento significativo (20%), além de um excelente bônus. Não sou bom de matemática, mas algo me diz que não existe investimento financeiro nenhum que dê um retorno equivalente em $200.

Estou tentando ver outras formas de como aumentar minha renda. Talvez consultoria? Escrever um livro? Ajudar pessoas com os currículos delas? Freelancer? Dar curso? Não sei ainda. Diversas coisas em mente, nada muito concreto em andamento.

De qualquer forma, o meu ponto aqui nesse post é o seguinte: O melhor investimento que você pode fazer é em você. Eduque-se financeiramente para saber como economizar e investir seu dinheiro, mas eduque-se profissionalmente para ganhar mais dinheiro. Seja por meio de uma promoção no seu atual emprego, seja mudando para um novo emprego ou seja abrindo seu próprio negócio.

E seu eu descobrir como me aposentar em 10 anos eu aviso. E enquanto isso estou aberto à sugestões.

No tag for this post.

One thought on “Trabalho, aposentadoria e dinheiro

  1. Renato Resende Batista

    Tópico interessante esse da Eri, eu mesmo já pensei mas nunca cheguei a me aprofundar, tenho uma ligeira vantagem na idade, então vou acelerar esses estudos por aqui.

    Se acabar descobrinod essa forma de se aposentar rápido, compartilhe aí com a galera. 😀

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comments will be closed on April 24, 2021.